VOTAÇÃO DO NOVO CODIGO FLORESTAL BRASILEIRO

Um fórum especialmente criado para falar sobre o meio-ambiente. Um assunto as vezes chato, as vezes cansativo, mas que precisa ser abordado e a cada dia mais importante para a continuidade do nosso esporte.
Avatar do usuário
Marcos A Cavalcanti
ANZOL DE OURO
Mensagens: 510
Registrado em: Sex Out 23, 2009 5:47 pm
Cidade:

VOTAÇÃO DO NOVO CODIGO FLORESTAL BRASILEIRO

Mensagem por Marcos A Cavalcanti » Qua Jul 07, 2010 10:36 am

Pois é Pessoal da Pesca!
Deveria postar este artigo no Tópico da Política, porem notei, que o mesmo, não é igualmente acessado, como neste, principalmente porque, o assunto não está relacionado com nosso esporte, porem “indiretamente” ligado á ele.
É provável que muitos de vocês, já tenham tomado conhecimento da votação do novo código florestal brasileiro, no que tange, aos contrários ás modificações no mesmo, ou seja:
79 Entidades, que conhecem do assunto e que representam milhares de pessoas, somado a 16 Personalidades e Intelectuais Brasileiros.
Diversas foram às razões desta contrariedade, porém a mais importante é que pretende-se aprovar uma ilegalidade, se referindo a não punição de proprietários que sofreram processos e multas, por desmatar ilegalmente, suas áreas, entre os anos de 1998 até 2008 e tais multas somam a quantia de 8 bilhões que deixarão de ser arrecadados pelo governo federal.
Segundo consta, os deputados abaixo fazem parte da bancada ruralista, portanto, fazendo uma analogia:
“Botaram a raposa pra cuidar do galinheiro”.
LISTA DE DEPUTADOS DA COMISSÃO PARA MUDANÇA DO CÓDIGO
Votaram a favor do relatório:
Anselmo de Jesus (PT-RO);
Homero Pereira (PR-MT);
Luis Carlos Heinze (PP-RS);
Moacir Micheletto (PMDB-PR);
Paulo Piau (PPS-MG);
Valdir Colatto (PMDB-SC);
Hernandes Amorim (PTB-RO);
Marcos Montes (DEM-MG);
Moreira Mendes (PPS-RO);
Duarte Nogueira (PSDB-SP);
Aldo Rebelo (PCdoB-SP);
Reinhold Stephanes (PMDB-PR);
Eduardo Seabra (PTB-AP).
Ainda alegam eles, que tais modificações vão beneficiar 900 mil agricultores que estão em situação irregular.
Quem votou contra:
Dr. Rosinha (PT-PR);
Ricardo Tripoli (PSDB-SP);
Rodrigo Rollemberg (PSB-DF);
Sarney Filho (PV-MA);
Ivan Valente (PSOL-SP)
Agora só resta á Câmara e Senado Federal, aprovar tal relatório e transformá-lo em Lei e se assim for feito, mais uma vez, a vontade de poucos, prevalecerá sobre o interesse de muitos.
Segundo um jornal, o desmatamento aumentará em 80milhões de hectares, pois permite o desmatamento de áreas de até 4 módulos fiscais, sendo que cada uma, corresponde a 100 hectares.
Para se ter uma idéia do que isto representa, devemos lembrar que 1 hectare representa a medida de um campo de futebol oficial 90x120 ou 10.800m2 o que equivale á 400 campos do mesmo.
Vamos ver no que vai dar?
Imagem
MARCAO-TILAPIA-CAPIVARI
PESCADOR NÃO MENTE- AUMENTA UM POUCO
Avatar do usuário
Caue Costa Hueso
GARATÉIA DE BRONZE
Mensagens: 1504
Registrado em: Ter Jul 26, 2005 12:47 pm
Cidade:

Mensagem por Caue Costa Hueso » Qua Jul 07, 2010 3:17 pm

esse codigo florestal eh uma piada!!! absurdoooooo
"Aprendemos a nadar como peixes e voar como pássaros, mas não a conviver como irmãos"
Avatar do usuário
Marcio Garcia
ANZOL DE PRATA
Mensagens: 375
Registrado em: Qua Mar 18, 2009 6:56 pm
Cidade:

Mensagem por Marcio Garcia » Qua Jul 07, 2010 5:38 pm

Isto se chama "PIZZA"

é uma vergonha esta situação...
Marcio - Guarulhos/SP
Imagem
Avatar do usuário
Ilza Gonçalves
GARATÉIA DE BRONZE
Mensagens: 1139
Registrado em: Sáb Mai 31, 2008 4:07 pm
Cidade:

Mensagem por Ilza Gonçalves » Dom Nov 27, 2011 3:34 pm

Na Tabela abaixo, a partir dos dados do Cod Florestal de 65, tentamos , aqui em casa , acrescentar as alterações , até a presente data, na metragem de Matas Ciliares X largura de rios a serem protegidas pelo Novo Cod Florestal 2011( em vermelho) .
Situação Lei 4771 de 1965.... ... ..... largura Mín da Faixa... ... .... cf cod florestal 2011, em aprovação

Rios com menos de 10 m de largura.... ... .... 30 m.... ... ...... ... .....(15*m recompor e 30m manter ) em cada margem
Rios com 10 a 50 m de largura.... ... ...... ...... 50 m.... ... ...... ... .....(30* a 100 m) em cada margem
Rios com 50 a 200 m de largura.... ... ...... .... 100 m.... ... ...... ... ....( 30*– 100 m) em cada margem ( mesmo ?)
Rios com 200 a 600 m de largura.... ... ...... 200 m ... ... ...... ... ....(30*– 100m) em cada margem ( mesmo ? )
Rios com largura superior a 600 m.... ... .... 500 m.... ... ...... ... ...( 30*– 100 m) em cada margem ( mesmo ? )
Nascentes... ... ...... ... ...... Raio de 50 m ... ( ????)
Lagos ou resevatórios em áreas urbanas 30 m ao redor do espelho d'água ..(???)
Lagos ou reservatórios em zona rural, com área menor que 20 ha 50 m ao redor do espelho d'água ... ... ...(???)
Lagos ou reservatórios em zona rural, com área igual ou superior a 20 ha 100 m ao redor do espelho d'água...( ???)
Represas de hidrelétricas.... ... ...... .... 100 m ao redor do espelho d'água.. (???)

Fontes:
1) http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L4771.htm ;
2)“...mesmo nas propriedades com menos de quatro módulos, as matas ciliares, nas margens de rios, devem ser recuperadas. Os rios com até dez metros de largura devem ter uma faixa de mata com no mínimo 15 metros em cada margem. Nos rios com mais de dez metros, a faixa pode variar de um mínimo de 30 a um máximo de cem metros.
As regras agradaram ao Ministério do Meio Ambiente. “Está no equilíbrio entre o que é possível permitir de ocupação e o que é o mínimo necessário de recuperação para manter as funções ecológicas das florestas”, justifica Bráulio Dias, secretário da Biodiversidade do ministério...”.
http://g1.globo.com/economia/agronegoci ... estal.html
3) http://www.arvoresbrasil.com.br/?pg=ref ... ata_ciliar

( * ) limite mínimo de mata ciliar que pode, preferencialmente, ser adotado em rios de expressiva largura :?: :!:
Talvez o parágrafo acima, donde tirei dados do Cod Recente tenha apenas sintetizado a informação qto metragem das matas ciliares, não citando reservas maiores nos rios mais expressivos...Será ?

"“...Mas o texto aprovado reduz o tamanho da área a ser recuperadas pelos produtores rurais que desmataram até julho de2008. Eles terão que recompor de 15 a 100 metros de mata à beira dos rios para se livrar da multa ambiental. A área de APP nos rios vai de 30 a 500 metros..”.http://www.youtube.com/watch?v=-euADUTz ... re=related
:shock: :shock: "Num tindi " . Mais dúvidas :
Então ainda vigoram os 30m mínimos de mata ciliar a manter nos rios até 10m largura ? Nestes, quem não os tiver degradado ; se quiser, pode degradar até manter só os 15m, e alegar que já o tinha feito antes de 2008 ?.
Será que os que mantiveram os 30m de mata ( rios até 10m larg) , logo não exigirão direitos iguais aos que recuperarão apenas 15m ? Que se tornarão, assim, medida padrão pelo direito de igualdade , etc ? Seria alguma surpresa ?

Ainda bem que sou loira...Mas, socorro! Digam-me que entendemos tudo errado ou que estamos doidos ! :cry: :|
Seca?Reflorestar !
ImagemImagemImagem
Avatar do usuário
Ilza Gonçalves
GARATÉIA DE BRONZE
Mensagens: 1139
Registrado em: Sáb Mai 31, 2008 4:07 pm
Cidade:

Marcha Contra o C0d Florestal em Brasilia nesta 3ª

Mensagem por Ilza Gonçalves » Seg Nov 28, 2011 7:31 pm

Marcha na manhã desta 3ª f, em Brasilia http://caterva.com.br/forum/viewtopic.php?t=70901
Seca?Reflorestar !
ImagemImagemImagem
Avatar do usuário
Marcos A Cavalcanti
ANZOL DE OURO
Mensagens: 510
Registrado em: Sex Out 23, 2009 5:47 pm
Cidade:

Opinião de Paulo de Tarso Lara Pires, engenheiro florestal:

Mensagem por Marcos A Cavalcanti » Ter Nov 29, 2011 4:33 pm

O Brasil realizou a primeira e única edição do seu inventário florestal nacional na década de 1980 é o mesmo que administrar uma empresa sem uma contabilidade. Apesar de todos os clamores da comunidade acadêmica, dos grandes avanços tecnológicos nas ciências do solo e da engenharia florestal, a lei continua estabelecendo a largura das matas ciliares considerando apenas a largura do curso da água. Não considera a topografia da região do entorno, agricultura, floresta natural, reflorestamento ou moradia – e muito menos a qualidade do recurso hídrico a ser protegido.
Ao inserir esses fatores na lei é possível dar uma correta e efetiva proteção ao recurso natural, aumentando a obrigatoriedade da manutenção em locais mais frágeis e flexibilizando em locais com topografia e condições de solo favoráveis ao desenvolvimento de atividades produtivas.
A alteração da lei florestal esta precedendo ao inventario florestal brasileiro – ferramenta que utiliza imagens de satélite, trabalhos de campo, dados sociais e econômicos para retratar a cobertura florestal do país.
Os dados do inventário florestal são fundamentais para a construção e renovação das políticas florestais nacionais. Porém, como dar um bom tratamento às florestas brasileiras sem um correto diagnóstico? Como construir uma política florestal ou reformar as normas existentes sem um profundo conhecimento da realidade?
O triste quadro atual retrata um grande número de áreas protegidas que só existem no papel – frequentemente violentadas pelo desmatamento ilegal e pela exploração mineral clandestina, gerenciadas por um número de fiscais ambientais abnegados, na maioria das vezes sem condições estruturais e apoio político para desenvolver seu árduo trabalho.
Essa realidade nacional ainda prospera nos quatro cantos do Brasil.
MARCAO-TILAPIA-CAPIVARI
PESCADOR NÃO MENTE- AUMENTA UM POUCO
Avatar do usuário
Ilza Gonçalves
GARATÉIA DE BRONZE
Mensagens: 1139
Registrado em: Sáb Mai 31, 2008 4:07 pm
Cidade:

Países Desenvolvidos Começaram Recuperar Florestas Sec XVIII

Mensagem por Ilza Gonçalves » Ter Nov 29, 2011 8:54 pm

Marcos, agora vc me deixou ainda mais :shock: :shock: perplexa... e :cry:

Não tenho condições de endossar ou refutar a notícia abaixo. Achei curiosa e apenas repasso:

"Países desenvolvidos começaram a recuperar florestas no século 18, diz pesquisador"

"Pesquisador da USP afirma que nas nações desenvolvidas não há dicotomia entre preservação e desenvolvimento e que discussão do Código Florestal brasileiro está equivocada
23 de novembro de 2011 | 21h 02
Karina Ninni - O Estado de S. Paulo"
http://www.estadao.com.br/noticias/vida ... 2146,0.htm
Seca?Reflorestar !
ImagemImagemImagem
Avatar do usuário
Marcos A Cavalcanti
ANZOL DE OURO
Mensagens: 510
Registrado em: Sex Out 23, 2009 5:47 pm
Cidade:

Reflexo de laços malditos- Legislação Ambiental e Código Flo

Mensagem por Marcos A Cavalcanti » Qua Nov 30, 2011 7:04 am

Então Ilza e os demais, o que vocês pesnam a respeito do artigo abaixo?
-x-x-x-x-x-x-
Artigo publicado na Gazeta do Povo em 30/11, assim iniciado:
Colocaram na fornalha o que temos de mais precioso que é o nosso patrimônio natural em benefício de um grupo que aprendeu a fazer da agricultura uma atividade dependente de favores e abertura de precedentes a custa da maioria da população, apontando como causas:
a)Não vivemos um momento de incontrolável revolta popular para fazer frente às manobras explícitas da Câmara, do Senado, os esforços para esclarecer os políticos não encontraram qualquer receptividade.
b)A população assiste, inerte, ao que se arquiteta para um futuro próximo, que vai afetar a vida de todos.Não fomos capazes de chamar a população às ruas, embora a ciência e qualquer análise minimamente lúcida demonstrem a insanidade presente em todo esse retrocesso que louva, como uma verdadeira religião, a linha do desenvolvimento a qualquer custo. Mesmo os movimentos sociais mais representativos parecem amortecidos, murmurando protestos quando era preciso gritar, e muito, para combater realmente de frente este problema. Parecem também dividir, em algum grau, a linha do desenvolvimento a qualquer custo.
c)É muito duro, principalmente para os mais jovens, entre os milhares que se envolveram em grupos que lutam contra as mudanças que vêm sendo articuladas, perceber que o bom senso e o interesse público podem ser, e são, atropelados facilmente pelo poder econômico. Por jogos de cena, por artimanhas forjadas na mais sofisticada linha marqueteira que o mercado pode oferecer, transformam interesses espúrios e setoriais em bandeiras de condição de sobrevivência para o futuro. Jogam a ciência no lixo, sem nem pestanejar.
d)Um dos maiores prejuízos de fenômenos como o desmonte articulado do Código Florestal é, certamente, a consolidação na descrença nas instituições, já fortemente sustentada por motivos que sobram. Descrença que contamina o sentimento do interesse público, do tal cidadão que não foge à luta, e quer um país mais justo e equilibrado para viver e para ver seus filhos e netos crescerem com qualidade de vida assegurada. A gente de poder do Brasil está cometendo um crime de proporções não previsíveis, mas, com certeza, grandes.
e)A manipulação do agro negócio e do Legislativo é um tiro de misericórdia no que ainda sobra de expectativa de dignidade e moralidade das quais tanto precisamos.Essa foi, desde o início, a missão dos políticos que abraçaram a mudança do Código Florestal como bandeira.
É claro que para aqueles que levantaram alto a bandeira, sobrarão vantagens individuais muito bem calculadas, na ciranda das trocas de favores que exprime o pior tipo de patrimonialismo, vigente e histórico, em nossa terra.
Reconhecer a impossibilidade de fazer frente ao rolo compressor ruralista não é um demérito. Afinal, eles são os poderosos do momento.
f)Semana passada, foi postergada por alguns dias a data de realização da Rio + 20.
A senhora presidente Dilma Rousseff, convicta na defesa de um modelo de desenvolvimento com a cara do século passado, deveria oferecer a algum país mais respeitável o compromisso de realizar este evento tão relevante e demandador de bons exemplos e honestidade para a efetivação das mudanças que o planeta exige de forma tão emergencial.
Diante dos fatos ora ressaltados, o Brasil não é a casa para este tipo de discussão. Não mais.
Se não optar pelo bom senso de desistir de sediar eventos de faz de conta, então assumam agora, enquanto é tempo, uma postura minimamente digna e impludam as artimanhas casuísticas dos larápios com os quais convive em Brasília.
Clóvis Borges é diretor-executivo da ONG Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS). Teresa Urban é jornalista.
MARCAO-TILAPIA-CAPIVARI
PESCADOR NÃO MENTE- AUMENTA UM POUCO
Avatar do usuário
Ilza Gonçalves
GARATÉIA DE BRONZE
Mensagens: 1139
Registrado em: Sáb Mai 31, 2008 4:07 pm
Cidade:

Mensagem por Ilza Gonçalves » Sex Dez 02, 2011 12:53 pm

Marcos,
Tristeza e revolta por vivermos num mundo de faz de conta. Apáticos e "felizes" com a iminente"Copa " ( que não é mais futebol) ; depois o "Natal" ( que nada mais tem de Natal ) , e já se fala em "Carnaval" ( que disto também não tem mais nada)...+ etc, etc...

Mas texto muito profundo para meus pobres e chapinhados cabelos amarelos.

"Ambientalistas Protestam Contra Projeto do Código Florestal "
"O Comitê Brasil em Defesa das Florestas reuniu centenas de pessoas em frente ao Congresso Nacional. Representantes de quase 200 ongs protestaram...."
http://g1.globo.com/economia/agronegoci ... estal.html

Alguém tem informes de "atitudes" /mobilizações, etc. Contra o Cod Florestal , por parte do "MPA", Associações e outros Grupos ligados à Pesca ...?? Será?
Seca?Reflorestar !
ImagemImagemImagem
Avatar do usuário
Ilza Gonçalves
GARATÉIA DE BRONZE
Mensagens: 1139
Registrado em: Sáb Mai 31, 2008 4:07 pm
Cidade:

Cod Florestal Assassino Pode Ser Piorado

Mensagem por Ilza Gonçalves » Sex Dez 02, 2011 7:11 pm

Dá até vômito...

"sexta-feira, 2 de dezembro de 2011
“Vai, Aécio, vai! Aécio Neves decide emendar o Código Florestal”


“ Enquanto o PSDB continua fugindo de se posicionar sobre o Código Florestal o Senador Aécio Neves resolveu apresentar 03 emendas ao texto. As três tentam criar soluções pragmáticas para problemas crônicos da aplicação da lei. Aécio desceu de cima muro e desceu para o lado certo. Tarde, mas desceu.

A primeira delas dispensa de Reserva Legal os empreendimentos de saneamento básico, a segunda tenta criar mecanismo de pagamentos pelo sequestro de carbono em florestas recuperadas no âmbito do Código Florestal e última dá condições aos Órgãos Estaduais de Meio Ambiente de se estruturarem terceirizando serviços.

Nenhuma das três é má idéia ( escreve o autor da reportagem; não eu!!!) . Falou em isenção de Reserva Legal, tem meu apoio. Aldo Rebelo ganhou minha confiança quanto sustentou feito um leão a isenção de RL para imóveis de até quatro módulos rurais. Apoiem a emenda de Aécio, devagarinho a gente chega lá.

Post montado com informações do Blog Queremos Aécio Neves Presidente. Cruzes! (grifo nosso)
http://www.codigoflorestal.com/2011/12/ ... .html#more

Alguém arriscaria citar possíveis consequências de eventual aprovação das "emendas" acima ?

Alguém sabe de "mobilizações do "MPA", Associações e outros Grupos ligados à Pesca contra o Novo Cod Florestal ? Será?
Editado pela última vez por Ilza Gonçalves em Dom Dez 04, 2011 2:48 pm, em um total de 1 vez.
Seca?Reflorestar !
ImagemImagemImagem
Avatar do usuário
Marcos A Cavalcanti
ANZOL DE OURO
Mensagens: 510
Registrado em: Sex Out 23, 2009 5:47 pm
Cidade:

Continuiando

Mensagem por Marcos A Cavalcanti » Sáb Dez 03, 2011 5:54 pm

A lei é um instrumento das classes dominantes para manter-se no poder, e conservar submissas as classes oprimidas.
Esta frase vem á calhar para inúmeras situações, incluindo agora na abordagem deste tema.
Tudo preparado para a votação, sob a promessa de se atender todas as partes interessadas. Palavras dos Lideres. Legal né. A vontade dos caciques, vai prevalecer. Que importa as conseqüências futuras? Alguns deles até dirão: Eu fui contra.
Promessas...promessas e promessas.
E os interesses escondidos?
Bem aí já é outra estória.
Haverá alguma ligação com a possível divisão do estado do Pará?
Aliás, por falar em divisão devemos lembrar que esta é uma tática de guerra:
"Dividir para conquistar".
Nisso eles são hábeis, certo?
E nós caimos no golpe, quando defendemos ou não alguma coisa, por pura defesa partidária, ou estou enganado?
Certamente eles tratam os assuntos importante de forma isolada, para que a sociedade não perceba de imediáto, que existe outros interesses em jogo, por exemplo:
As futuras hidroelétricas que serão construidas no Rio Tapajós?
MARCAO-TILAPIA-CAPIVARI
PESCADOR NÃO MENTE- AUMENTA UM POUCO
Avatar do usuário
Ilza Gonçalves
GARATÉIA DE BRONZE
Mensagens: 1139
Registrado em: Sáb Mai 31, 2008 4:07 pm
Cidade:

Mensagem por Ilza Gonçalves » Sex Dez 09, 2011 6:42 pm

Deveria interessar e mobilizar cada cidadão ...responsável que é pela realidade cada vez mais "socialmente construída"...

Votam negligenciando veementes advertências da comunidade científica
http://www.agricultura.gov.br/arq_edito ... ilhaCF.pdf
http://www.tucunazul.com.br/forum/viewt ... 50&start=0

Decisão meramente política , degradando flora, fauna terrestre e aquática a pontos insustentáveis para inúmeras espécies e, à longo prazo, provavelmente às ppias lavouras dos supostos beneficiados ( p/ erosões e possíveis secas resultantes, etc); danos quantitativos e qualitativos ao precioso bem que é a água , ameaçando , assim, a vida como um todo.

Curioso que a velocidade da informação e organização propiciada pela internet, já utilizada para mobilizações dos pescadores pró causas regionais ou de pequenos grupos de ineteresse entre estes ( exemplos nos ppios fóruns), quase não alcance interessados quando o assunto é o "Código da Destruição Florestal Nacional" (?!)

Alguém sabe de "mobilizações" do "MPA", Associações ou Grupos ligados à Pesca ...Contra o "Cod da Destruição Florestal" ?? Será ?
abç[/i]
Seca?Reflorestar !
ImagemImagemImagem
Avatar do usuário
Marcos A Cavalcanti
ANZOL DE OURO
Mensagens: 510
Registrado em: Sex Out 23, 2009 5:47 pm
Cidade:

Vamo que vamo

Mensagem por Marcos A Cavalcanti » Sáb Dez 10, 2011 7:43 am

É minha car Ilza o que você destaca em sua resposta é da maior importância, portanto, deve reforçar o que todos conhecemos aqui no fórum, que bom se acontecesse o mesmo, para todos na sociedade. Mais independente disso, vamos adiante:
Interessante notar o seguinte:
Na verdade um assunto não tem nada haver com outro, porém, serve de comparação:
a)No governo de Roberto Requião aqui no Paraná, houve a intenção de se aumentarem às taxas cobradas pelo nosso Detran. Na época, os nossos nobres deputados estaduais foram contrários, ato este que ilusoriamente representou á nossa sociedade, que eles estivam agindo em favor do povo. Mais qual era o verdadeiro objetivo? Não outro senão, estarem de olho nas futuras eleições de 2010, onde alguns, se não a maioria, pretendia se reeleger.
b)Pois bem, conseguiram, bem como, nesta mesma eleição foi eleito o nosso novo governador Beto Richa, que por sua vez, mandou um projeto de lei, para aumentar as ditas taxas num percentual que chegou a 271% e é claro, que desta feita foi aprovado pela bancada de apoio do governo. c)Porque será que isto aconteceu?
Simples: Eles foram eleitos, portanto, já não importava o interesse da sociedade.
d)Assim sendo, parece que o mesmo processo ocorreu agora com a aprovação das mudanças no Código Florestal no Senado, lembrando que não só os senadores e igualmente os deputados estaduais e federais, irão passar por um novo processo eleitoral em 2014 e até lá... ao futuro pertence.
MARCAO-TILAPIA-CAPIVARI
PESCADOR NÃO MENTE- AUMENTA UM POUCO
Responder

Voltar para “- NOSSO MUNDO -”