Fatores que influenciam na pesca da traíra

As Dentuças, como são carinhosamente chamadas por seus admiradores, é uma das primeiras espécies esportiva a ser capturada por muitos dos Pescadores que se dedicam à Pesca com Iscas Artificiais ...
Avatar do usuário
Helder Nadolny
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 53
Registrado em: Qui Ago 25, 2011 11:41 am
Cidade:

Fatores que influenciam na pesca da traíra

Mensagem por Helder Nadolny » Qui Dez 04, 2014 10:53 am

Na opinião dos amigos, o que tanto influencia na pesca das traíras, e que leva a dias de ótimas capturas, seguidos de dias de nenhuma, ou quase nenhuma ação?

Temperatura, pressão atmosférica, vento, qualidade da água (oxigenação, ph, dureza, turbidez), proliferação de algas, lua (todo mundo diz que influencia na pesca de água doce, mas li muita coisa dizendo que a influência é quase zero), concorrência por comida, época do ano, horário, etc? E o porque da influência?

Do pouco que sei, e presenciei:

A turbidez influencia, pois na água barrenta a isca tem que atrair muito mais que na água limpa;

A temperatura da água é relevante, embora já tenha tido boas pescas em água tanto fria quanto quente, mas é notório que no verão, com a água mais aquecida, a atividade é maior;

Oxigenação, ph e dureza não posso opinar pois não tenho medidores para discernir o que muda com os índices;

O vento prejudica muito, pois a pesca com iscas de superfície é quase impraticável, e a água movimenta-se não só em ondas superficiais, mas como um todo (notei no meu pesqueiro, em uma poça à beira de um dos lagos, em um dia de vento, que a água entrava na poça e a enchia lentamente por uns 20-30 segundos, e então escorria lentamente para fora por um período igual, voltava a encher e esvaziar em um ciclo que se assemelhava ao movimento do mar);

O horário é fundamental, quanto mais perto do meio-dia, menos ação, quanto mais próximo do clarear do dia e do anoitecer, mais ação;

Macrófitas aquáticas podem beneficiar em pequenas quantidades, pois propiciam esconderijo para as emboscadas, mas em excesso prejudicam pois impedem a entrada de sol e aquecimento da água, bem como a oxigenação por vento/chuva, já as algas, quanto mais proliferação, mais reduzem-se os índices de oxigênio, o que as torna mais letárgicas;

Pressão atmosférica nunca mensurei para saber e nem sei como influencia;

Época do ano também influencia bastante onde pesco. No inverno é bem seletivo, mas em dias de bastante sol e épocas de menos frio elas se tornam relativamente ativas. E na pesca de espera com iscas vivas e no fundo, consigo boa atividade. Setembro a Janeiro, dependendo de quando as condições se tornam ideais, elas se aninham, desovam e chocam as ovas, tornando-as menos ativas. Já fevereiro e março, até meados de abril é o pico das boas pescarias. Maio varia com a condição climática;

Concorrência por comida é fundamental: ano passado houve um pico de reprodução de tilápias, e como elas cuidam da prole houve um excesso de tilapinhas nos tanques, o que dificultava as capturas pois as dentuças estavam de bucho cheio;

E a questão mais duvidosa para mim: LUA!
A maioria dos pescadores que conheço se baseia em lua para pescar. Sei que em água salgada é fundamental, mas porque a Lua influencia nas marés, já em água doce.... Sei lá.
Vejo influencia na claridade à noite, na movimentação de possíveis presas, pois as mariposas se movimentam mais em determinadas luas, o que aumenta a movimentação de rãs, e consequentemente de presas de traíras, mas até que ponto isso realmente influencia, eu não sei.
Sei que já peguei bem em todas as luas, bem como já não peguei nada em todas as luas.

Pode ser um fator a mais entre a equação que reúne as variáveis que influenciam na produtividade, mas não me faz ir ou deixar de ir a uma pescaria.

Gostaria de saber a opinião dos amigos.
Avatar do usuário
Maiky Duhatschek
ANZOL DE PRATA
Mensagens: 306
Registrado em: Dom Nov 23, 2008 7:07 pm
Cidade:
Contato:

Mensagem por Maiky Duhatschek » Sáb Dez 13, 2014 8:14 pm

Belo tópico!
São informações importantes, mas muitas vezes deixadas de lado pelos pescadores...
Uma coisa que notei, é que em dias muito abafados, sem nuvens e sem vento, há um diminuição significativa de ações... Gosto de pescar em dias quentes mas com um pouco de vento. Um coisa que sempre observo também é se existem forrageiros comendo na superfície, se tiver, normalmente, as iscas de superfície são mais eficientes (não que se não tiver elas não sejam atacadas, mais ocorrem mais ações).

Abraço
Avatar do usuário
Helder Nadolny
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 53
Registrado em: Qui Ago 25, 2011 11:41 am
Cidade:

Mensagem por Helder Nadolny » Ter Dez 16, 2014 8:29 am

Tenho ouvido falar bastante da pressão atmosférica.

Estou até cogitando comprar um barômetro e medir para ver se influencia tanto quanto tenho ouvido.
Avatar do usuário
Helder Nadolny
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 53
Registrado em: Qui Ago 25, 2011 11:41 am
Cidade:

Mensagem por Helder Nadolny » Ter Dez 16, 2014 8:29 am

Tenho ouvido falar bastante da pressão atmosférica.

Estou até cogitando comprar um barômetro e medir para ver se influencia tanto quanto tenho ouvido.
Avatar do usuário
Helder Nadolny
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 53
Registrado em: Qui Ago 25, 2011 11:41 am
Cidade:

Mensagem por Helder Nadolny » Ter Dez 16, 2014 8:30 am

Tenho ouvido falar bastante da pressão atmosférica.

Estou até cogitando comprar um barômetro e medir para ver se influencia tanto quanto tenho ouvido.
Avatar do usuário
Helder Nadolny
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 53
Registrado em: Qui Ago 25, 2011 11:41 am
Cidade:

Mensagem por Helder Nadolny » Ter Dez 16, 2014 8:30 am

Tenho ouvido falar bastante da pressão atmosférica.

Estou até cogitando comprar um barômetro e medir para ver se influencia tanto quanto tenho ouvido.
Avatar do usuário
Helder Nadolny
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 53
Registrado em: Qui Ago 25, 2011 11:41 am
Cidade:

Mensagem por Helder Nadolny » Ter Dez 16, 2014 8:30 am

Tenho ouvido falar bastante da pressão atmosférica.

Estou até cogitando comprar um barômetro e medir para ver se influencia tanto quanto tenho ouvido.
Avatar do usuário
Douglas Lenz
ANZOL DE OURO
Mensagens: 804
Registrado em: Qua Ago 17, 2005 5:00 pm
Cidade:
Contato:

Mensagem por Douglas Lenz » Ter Dez 16, 2014 10:40 am

Helder

As variáveis são inúmeras, entretanto a MEU ver, falo baseado na minha experiência pessoal de pescar traíra em tudo que é buraco aqui no RS meu ranking de fatos que são relvantes para sucesso ou não na pesca de traíras.

1- População X área de água. Parece óbvio, mas as vezes a gente tenta achar mil explicações para o insucesso de um pescaria de traíras, iscas erradas, clima, lua, etc...etc... e a verdade é, o açude é imenso e a população de traíras é pequena. Se tu pescar em um açude de 100m² que tem em torno de 1000 traíras dentro é muito diferente de tu pescar num açude de 1000m² com uma população de 100 peixes.

2- Pressão, principalmente no momento da mudança de condições climáticas, antes de chuvas ou logo depois,quando o tempo está mudando.

De resto, dia nublado, com muito sol, com vento ou sem vento, não faz muita diferença. Se não for dia de mudança de condição climática.

E obviamente se matam ou não os peixes do local que se vai pescar, pescava em um açude do sitio de um amigo, que era a disneylândia das traíras, 30 40 traíras numa tarde de pesca. Depois que o caseiro descobriu a quantidade de traíras que tinha no açude, as pescarias ficaram cada vez menos produtivas até chegar a ZERO peixes numa tarde inteira batendo isca.
Abração do meu tamanho !
Respeitosamente
DOUGLAS LENZ
doug.lenz@gmail.com
Avatar do usuário
Helder Nadolny
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 53
Registrado em: Qui Ago 25, 2011 11:41 am
Cidade:

Mensagem por Helder Nadolny » Ter Dez 16, 2014 10:54 am

Concordo plenamente com a relação população x área.

Bem como excesso de peixes junto com as traíras reduz a produtividade por dois motivos: excesso de comida fácil e redução das taxas de oxigênio.

Desta forma creio que há uma faixa de equilíbrio, fora da qual as pescarias ficam prejudicadas.

Quanto à pressão, como faço para saber o bom e o ruim? É a variação de pressão que prejudica? Ou é a pressão muito elevada ou muito baixa?
Avatar do usuário
Helder Nadolny
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 53
Registrado em: Qui Ago 25, 2011 11:41 am
Cidade:

Mensagem por Helder Nadolny » Ter Dez 16, 2014 11:04 am

Sábado fui pescar e a produtividade foi péssima.

O lago tem bastante traíra, e fui tirar um histórico da pressão atmosférica. Do dia 01/12 para cá, sempre a pressão variou entre 925 a 931 hPa, as vezes baixando para 924, 923, mas nunca menos de 921.

Mas justo no sábado, no horário que eu pesquei, a pressão ficou abaixo dos 921, chegando a bater em 918.

Será isso?
Avatar do usuário
Douglas Lenz
ANZOL DE OURO
Mensagens: 804
Registrado em: Qua Ago 17, 2005 5:00 pm
Cidade:
Contato:

Mensagem por Douglas Lenz » Ter Dez 16, 2014 11:05 am

Helder

Não é a baixa nem a alta e sim a mudança da pressão.

Num dia de sol, céu limpo, dia bonito a pressão está em 1013. A mudança desta pressão com a chegada de uma frente que altere o tempo, traga chuva ou temporal, geralmente esta pressão cai para 900 e poucos. Esta mudança, variação que faz com que os peixes fiquem mais parados ou totalmente parados.

Não necessariamente a chuva, mesmo porque já fiz pescarias ótimas de traíras em dia de chuva, só que já estava chovendo a 3 dias. Entendeu, não houve a mudança do dia de sol para o dia de chuva ou vice versa.

Assim, como as vezes acontece, o camarada chega pra pescar, o dia está lindo, sol, pouco vento, temperatura agradável, etc... Mas no dia anterior ou até a madrugada daquele dia estava chovendo e o clima estava ruim.
Abração do meu tamanho !
Respeitosamente
DOUGLAS LENZ
doug.lenz@gmail.com
Avatar do usuário
Helder Nadolny
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 53
Registrado em: Qui Ago 25, 2011 11:41 am
Cidade:

Mensagem por Helder Nadolny » Ter Dez 16, 2014 1:50 pm

Entendi, muito bem explicado.

E existe um nível de variação a ser considerado? Exemplo: a partir de X hPa de alteração é que a influência é prejudicial, menos que isso é insignificante.

Essa alteração que citei, mantendo 927, 928 até 931, e de repente está lá em 918, 919, pode ter sido crucial para a produtividade ter sido tão baixa? Ou essa alteração é muito pequena para influenciar na pescaria?
Avatar do usuário
Douglas Lenz
ANZOL DE OURO
Mensagens: 804
Registrado em: Qua Ago 17, 2005 5:00 pm
Cidade:
Contato:

Mensagem por Douglas Lenz » Ter Dez 16, 2014 4:20 pm

Helder

Sinceramente posso estar completamente errado, mas um ou dois pontos de variação não seria a meu ver fator decisivo em mudar o comportamento.

O que acontece no que venho te falando é uma variação muito grande na pressão por decorrência da entrada ou fim de uma frente que traga mudanças climáticas significativas.

Experimenta acompanhar a entrada de uma frente que traga chuva ou temporais para ti ter uma ideia de quanto muda a pressao de um dia para o outro. Faz este acompanhamento em um site de climatologia que verás que não é um pouco é uma boa mudança
Abração do meu tamanho !
Respeitosamente
DOUGLAS LENZ
doug.lenz@gmail.com
Avatar do usuário
Helder Nadolny
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 53
Registrado em: Qui Ago 25, 2011 11:41 am
Cidade:

Mensagem por Helder Nadolny » Ter Dez 16, 2014 4:27 pm

Vou acompanhar.

Vejo pelo INMET, pois tem uma estação em São Mateus do Sul.

Vou seguir os históricos e bater com a produtividade da pesca.

Valew as dicas.
Avatar do usuário
Helder Nadolny
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 53
Registrado em: Qui Ago 25, 2011 11:41 am
Cidade:

Mensagem por Helder Nadolny » Ter Dez 16, 2014 4:44 pm

Agora que eu vi que um post meu saiu 5 vezes repetido.

Não consigo excluir por aqui, se a moderação achar conveniente, por favor.
Responder

Voltar para “- TRAÍRA -”